Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘educação’

Escolas gaiolas, escolas asas!

image

Há escolas que são gaiolas e há escolas que são asas.
Escolas que são gaiolas existem para que os pássaros desaprendam a arte do vôo.
Pássaros engaiolados são pássaros sob controle.
Engaiolados, o seu dono pode levá-los para onde quiser.
Pássaros engaiolados sempre têm um dono.
Deixaram de ser pássaros.
Porque a essência dos pássaros é o vôo.
Escolas que são asas não amam pássaros engaiolados.
O que elas amam são pássaros em vôo.
Existem para dar aos pássaros coragem para voar.
Ensinar o vôo, isso elas não podem fazer, porque o vôo já nasce dentro dos pássaros.
O vôo não pode ser ensinado. Só pode ser encorajado.
(Rubem Alves)

Anúncios

Read Full Post »

Presidente do TJ suspende cumprimento de sentença que anulava quatro concursos

Texto: Carolina Zafino

O presidente do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás, desembargador Vítor Barboza Lenza, suspendeu o cumprimento de sentença proferida pelo juiz da 3ª Vara da Fazenda Pública Estadual de Goiânia, Ari Ferreira de Queiroz, que anulava concursos públicos realizados para provimento de cargos no Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Goiás, Secretaria de Cidadania e Trabalho, Secretaria da Saúde do Estado de Goiás e Superintendência da Polícia Técnico-Científica.

O magistrado entendeu que a exoneração de quase 4 mil profissionais nomeados após aprovação nos concursos poderia comprometer a execução dos serviços públicos disponibilizados à sociedade, já que é público e notório o déficit de servidores. “O afastamento desses concursados levaria os órgãos atingidos ao colapso, devido à sobrecarga do serviço e à falta de funcionários nessas áreas consideradas vitais, como saúde e segurança pública”, disse Lenza. O desembargador-presidente ainda ressaltou que a decisão é capaz de ocasionar grave lesão à ordem administrativa do Estado, e como não transitou em julgado não tem caráter de executoriedade. Ele esclareceu que a sentença ainda será sujeita à revisão, em sede de recurso de apelação, pelo Tribunal de Justiça do Estado de Goiás

O pedido de suspensão da liminar foi feito pelo Estado e o Ministério Público de Goiás.

Leia a íntegra da decisão:

Fonte: Tribunal de Justiça do Estado de Goiás – Notícias

Read Full Post »

07/04/2010
A Secretaria de Educação Superior (Sesu) do Ministério da Educação instaurou processo para o encerramento de oferta e redução de vagas em cursos de medicina que estavam sob processo de supervisão.

A medida foi publicada no Diário Oficial da União desta quarta-feira, 7, após a verificação de não cumprimento, por parte das instituições, das medidas de saneamento determinadas pelo MEC. As instituições terão 15 dias para apresentar defesa, antes da decisão final da Sesu.

“A supervisão dos cursos de medicina serve para dar às pessoas segurança da formação de quem vai cuidar da saúde de todo o povo”, disse o ministro da Educação, Fernando Haddad. “Não temos excesso de médicos. O que precisamos é adequar o número de vagas oferecidas à capacidade de atendimento da instituição, zelando pela qualidade do ensino.”

O curso que deverá ter sua oferta encerrada é o oferecido pela Universidade Iguaçu, campus de Nova Iguaçu (RJ). A decisão teve como base o parecer da comissão de especialistas que auxilia o MEC no processo de supervisão. Após o prazo de dois semestres letivos para cumprimento das medidas exigidas pelo ministério, a instituição não promoveu as melhorias necessárias para a oferta de um ensino de qualidade. Para preservar os interesses dos estudantes, a Sesu determinou medida cautelar para que a instituição suspenda, imediatamente, o ingresso de novos alunos.

Outros seis cursos que, após expirado o prazo de saneamento, demonstraram o cumprimento parcial das exigências do MEC, deverão reduzir o número de vagas oferecidas em seus processos seletivos.

Além desses cursos, outros dois deverão reduzir o número de vagas. O curso das Faculdades Integradas Aparício Carvalho (RO), que passou por processo administrativo por não ter cumprido as medidas de saneamento, deverá limitar a 40 as vagas ofertadas anualmente.

Outro curso que deverá reduzir para 40 vagas anuais é o oferecido pela Faculdade São Lucas (RO). A redução tem caráter cautelar e terá validade até a conclusão do processo de reconhecimento do curso. A medida foi adotada após a verificação da oferta de estágios de prática médica em situação precária.

Após o encerramento dos processos, as medidas representarão o fechamento de um curso e a redução de 370 vagas. Considerando que os recentes processos de autorização de cursos de medicina têm fixado em 40 o número de vagas de ingresso, a redução equivale ao encerramento de, aproximadamente, 9 cursos.

Os cursos da Universidade Luterana do Brasil (RS), do Centro de Ensino Superior de Valença (RJ), da Universidade Nove de Julho (SP), da Universidade Metropolitana de Santos (SP) e do Centro Universitário Lusíadas (SP), também em supervisão, continuam com medidas cautelares e receberão visitas de reavaliação nos próximos meses.

A secretária de Educação Superior do MEC, Maria Paula Dallari, lembrou que os alunos já matriculados não serão afetados. “Pelo contrário, a tendência é que se beneficiem, já que a atenção se volta para eles. Onde se reduz vaga, a tendência é de melhora da qualidade do ensino”, explicou.

De acordo com o médico Adib Jatene, que preside a comissão de supervisão dos cursos de medicina, o maior problema das instituições que sofreram as medidas é o campo de treinamento dos estudantes. “Não dá para ensinar medicina onde não há doentes. Nessas instituições, havia mais alunos do que a capacidade de treiná-los. O ideal é que haja cinco leitos para cada vaga”, afirmou, referindo-se aos complexos médico-hospitalares e ambulatoriais das instituições, onde os alunos têm aulas práticas.

Confira o balanço da supervisão dos cursos de medicina

Fonte : Assessoria de Comunicação do MEC e site Fenam

Read Full Post »

100% das pessoas convidadas deram OK para participar do evento em Salvador, dia 08 de outubro, a partir das 14hs, com previsão de término as 16h30.

Para melhorar a integração entre todos, faço a apresentação dos médicos e odontologistas nominalmente:

SEGMENTO MÉDICO, ODONTOLÓGICO E EDUCAÇÃO

Dr. Eduardo Santana
VP da FENAM

twitter: meduardosantana

Blog: meduardosantana.wordpress.com

Assunto: “Selo” Médico

Dr. Delcik Santos Dutra
Presidente ABO-BA
website: www.abo-ba.org.br
Assunto: Odontologia na web

Dr. Marcelo Matos
Odontologista – especializado em ATM
website: blog.marcelomatos.com
Assunto: Odontologia na web

Felipe Rocha
Assessor do Dr. Marcelo Matos
Assunto: Odontologia na web

Dr. André Pereira

Professor do Programa de Pós-Graduação em Saúde Pública da ENSP
Assunto: Paciente Informado
Referência: Fiocruz

Dr. Claudio Freitas
Professor e médico, gestor do projeto GDF em Brasília
Assunto: Médico Informado
Blog saudeconectada

BLOGUEIROS E CONSULTORIA EM MÍDIAS SOCIAIS

Yuri Almeida
Jornalista, pós-graduado em Jornalismo Contemporâneo (UniJorge) com a tese “A noticiabilidade no jornalismo colaborativo”
Papel: debatedor
Twitter: @herdeirodocaos
Blog Herdeiro do Caos

Eduardo Sales Filho
Publicitário, professor, tradutor e blogueiro
Papel: debatedor
Twitter: @eduardo_sales
Blog Papo de Gordo

Roberto Camara
Professor de inglês, Guia de Turismo profissional e blogueiro
Papel: debatedor
Twitter: @robertocamarajr
Blog Me Tire Deste Ócio

Marcelo “Tuca” Hernandes
Analista de mídias sociais e blogueiro
Papel: debatedor e cobertura do evento
Twitter: @tucahernandes
Blog polvora! comunicação

Mário Soma
Jornalista, radialista e empreendedor do setor de comunicação tradicional corporativa e de mídia social
Papel: mediador
Twitter: @msoma
Blog polvora! comunicação

Estarão participando, via twitter e via transmissão streaming em vídeo, milhares de seguidores interessados em debater os assuntos do evento, que terá a seguinte dinâmica:

Abertura

  • Mário Soma – Diretor Executivo do Grupo RMA e da polvora! comunicação
    • Introdução aos temas e participantes

Apresentação

  • Temas – breve briefing feito pelas pessoas designadas abaixo:
    • Paciente Informado – como a Internet pode e deve ajudar pacientes e profissionais a se informar sobre saúde e doenças – introdução do conceito pelo Dr. André Pereira [Fiocruz]
    • Médico Informado – quais são os recursos disponíveis para tornar o médico informado sobre seus pacientes – Dr. Cláudio Freitas [saudeconectada.com.br]
    • “Selo Médico” – como identificar o médico na web e passar a acompanhar o conteúdo publicado – Dr. Eduardo Medrado [FENAM]
    • Odontologista na web – como os profissionais do setor podem se adaptar aos tempos de web 2.0 na linha dos médicos – Dr. Marcelo Matos

Perguntas e respostas

  • Debate ao vivo com blogueiros e pelo twitter com outros médicos, pacientes e público interessado nos temas e conectados no evento.

Informações: Mário Soma Grupo RMA e Pólvora! – mario.soma@gruporma.com.br

Read Full Post »