Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Segurança no Trabalho’ Category

Presidente da FENAM envia ofício ao Ministro Temporão manifestando apoio no controle do uso de antibióticos

Por:  Aparecida Torneros


O Presidente da FENAM, Cid Carvalhaes, enviou ofício para o Ministro da Saúde, José Gomes Temporão, apoiando as medidas anunciadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária- ANVISA, visando a regulamentação, através da exigência de receita médica, para a administração de antibióticos no país. Cid reiterou a necessidade de que sejam adotadas medidas governamentais de ampla fiscalização e controle para garantir o eficiente cumprimento da decisão, lembrando, inclusive, o panorama que se afigura com a disseminação da denominada super-bactéria.

Abaixo, na íntegra, o ofício do dirigente da FENAM, que foi também encaminhado ao Diretor-presidente da ANVISA, Dirceu Raposo de Mello.

 

 

Fonte: Blog Fala Médico

 

http://d1.scribdassets.com/ScribdViewer.swf?document_id=40429019&access_key=key-14vy8utyqaaso9vq004r&page=1&viewMode=list

Read Full Post »

Aos Médicos Itumbiarenses, goianos e toda sociedade

O Sindicato dos Médicos no Estado de Goiás, – SIMEGO – vem a público denunciar a agressão covarde sofrida pelo médico pediatra, Dr. José Camilo Filho, vitimado por um indivíduo que desonra as fileiras da Polícia Militar do Estado de Goiás.

Durante o atendimento a um menor em um hospital público, na cidade de Itumbiara, o Policial Militar Paulo Aru Marques Mateus, o agrediu covardemente com chutes, murros e pontapés além de atingir outros trabalhadores da saúde local evadindo-se a seguir.

A ação do agressor soma-se a agressão de gestão que os médicos e demais trabalhadores da saúde estão expostos por trabalharem sem as condições éticas para o exercício de suas profissões bem como sob o império da insegurança.

Esse é um modelo que tem transformado a assistência à saúde em uma permanente relação de tensão entre os trabalhadores da saúde e a população.

Faz-se mister a mudança dessa situação.

Não se pode permitir que os danos físicos e morais do Dr. José Camilo Filho e dos demais trabalhadores locais, façam parte da imensa vala da impunidade.

Espera-se da Polícia Militar do Estado de Goiás pronta ação junto a esse indivíduo que seja capaz de responder  ao Dr. José Camilo Filho, seus familiares, aos demais trabalhadores da saúde, aos médicos de Itumbiara e do Estado de Goiás e a toda sociedade Itumbiarense e Goiana de maneira exemplar; da administração pública do município de Itumbiara ação no sentido de defender os interesses de seus trabalhadores, agindo junto a justiça na defesa de seus direitos agredidos e constantemente ameaçados, aqueles que verdadeiramente prestam serviços a cada cidadão daquele município, a criação de condições de trabalho que possam garantir total defesa de sua integridade física e moral e dos que ali buscam socorro.

É incompreensível que isso tenha ocorrido.

É inadmissível que se repita.

Sindicato dos Médicos no Estado de Goiás

Em defesa da saúde e da vida!

Read Full Post »

O Conselho Regional de Medicina do Estado de Goiás (Cremego) vem a público DESAGRAVAR o médico Dr. José Camilo Filho, CRM-GO 4124, que foi vítima de uma violenta agressão física durante o exercício da profissão no Hospital Municipal Modesto de Carvalho, em Itumbiara.

Manifestamos nossa solidariedade ao médico e repudiamos esse crime praticado por um policial militar, na madrugada de 15 de julho.

Exigimos que o Comando da Polícia Militar do Estado de Goiás cumpra sua função, apurando o caso e punindo o agressor, e que a Prefeitura de Itumbiara garanta a segurança dos médicos do Hospital Municipal.

O médico não pode pagar esse preço pelas mazelas do serviço público de saúde.

Dr. Salomão Rodrigues Filho
Presidente

Fonte: CRM-GO

Read Full Post »

Soldado da PM agride médico e funcionários em hospital

Segundo informações do assessor da Polícia Militar, o soldado teria perdido o controle devido à demora no atendimento

CBN Goiânia
O soldado da Polícia Militar Paulo Aru Marques Mateus é procurado depois de agredir um médico e dois funcionários do Hospital Municipal de Itumbiara na madrugada de hoje (15). Segundo informações do assessor de comunicação da Polícia Militar, Coronel Divino Alves, o soldado teria perdido o controle e agredido os funcionários do hospital devido à demora no atendimento. Ele acompanhava a irmã e o sobrinho que haviam sofrido um acidente de trânsito.
O médico José Camilo Filho foi atingido com uma coronhada na cabeça. Uma enfermeira e um maqueiro também foram agredidos fisicamente. Segundo o comandante da PM em Itumbiara, Tenente Coronel Celso Gonçalves Borges, o policial militar está foragido e vai responder a processos, na área militar e na Justiça comum.
A Assessoria da Polícia Militar do Estado de Goiás informou que o acusado já respondia a um processo no Conselho de Disciplina da corporação. E ressaltou, ainda, que o Comando Geral da PM tomou todas as providências cabíveis.

Fonte: O Popular on line

Read Full Post »